Arquivo da tag: escola de teatro

Conheça um dos professores da BRAAPA, Alexandre Gati

Alexandre Gati

Alexandre Gati, ator formado em 2008, atualmente ministra a disciplina de Jogos Teatrais e Interpretação na BRAAPA Escola de Atores desde agosto de 2013.

COMO DIRETOR NA BRAAPA

🎬 Apresentação dos alunos para conclusão de módulo: “O Ti Ti Ti é Aqui”- Julho/2015;

🎬 “Cartoon”- Dezembro/2014;

🎬 “Era Uma Vez…”- Julho/2014;

🎬 “Vale a Pena Ver de Novo” – Dezembro/2013.

COMO ORIENTADOR

Alexandre Gati ministra cursos de férias nos períodos de julho e dezembro, desde 2012.

COMO DITEROR/PRODUTOR DE VIDEOCLIPES

🎬 Uma História de Amor (Cover) – da Cantora Letycia Martins;

🎬 “Mais Uma Vez” e Histórias Suas – da Cantora Mari Guedes;

🎬 “Hold My Hand” – do CantorThor Chamone;

🎬 “Simples”, “Maria”, “Rebirth”, “Rebirth (Remix) e “Agradecimento de Natal”- da Cantora Joe Welch;

🎬 Campanha do perfume “Fantasy” – de Britney Spears no Brasil, por Francinne Porto (Cover Oficial no Brasil).

NO TEATRO

🎬 “E se…? Por que nem só de Shakespeare vivem Romeu e Julieta”- de Daniela Prata, em duas temporadas, dirigido por Daniela Prata e Silmara Túrmina- Out/Nov/2011 – Maio/Julho/2012;

🎬 “Grito!”- de Plínio Marcos – adaptado e dirigido por Sérgio Milagre – Set/Nov/2009;

🎬 “Coração de uma Estrela”(Musical) – de Ewerton Soares – Abril/2009.

NA TV

Coleciona uma série de trabalhos, entre eles:

🎬 Participação na série “Mamonas Assassinas”(Record);

🎬 Novela “Chiquititas”(SBT);

🎬 Minissérie “Sansão e Dalila”(Record);

🎬 “O Negócio”- (HBO/FOX);

🎬 “Fantástico”- Participação – (Rede Globo), na reportagem intitulada “Saiba o que fazer quando alguém passar mal perto de você”;

🎬 “Tribunal na TV”- Programa – ( BAND); Entre outros.

NO CINEMA

Participou dos longas:

🎬 “Mais Forte Que o Mundo – A História de José Aldo” – de Afonso Poyart;

🎬 “Homens da Pátria”- de Gastão Coimbra e;

🎬 “Luz nas Trevas”- de Helena Ignez.

EM PUBLICIDADE

Participou de vários comerciais e campanhas, entre eles:

🎬 “Sicoob”

🎬 “Produtor Rural” – Caixa Econômica Federal;

🎬 “O Boticário”- (modelo de mãos) – Campanha de Natal/2015;

🎬 “Dogwalker”;

🎬 “O SBT dá as férias de seus sonhos”

Vídeos Internos como:

🎬 Vídeo de treinamento “Shell”;

🎬 “APAS”;

🎬 Supermercados Walmart;

🎬 Hospital do Sono, etc.

CURSOS

🎬 “Interpretação na TV”- com Luiz Antônio Rocha;

🎬 Treinamento no “Stúdio Fátima Toledo”- com Bruno Costa;

🎬 Workshop de “Desenvolvimento do Talento Artístico e Interpretação para Atores”- Com Andréa Cavalcanti;

🎬 “O Ator Imaginário”- na “Academia Internacional de Cinema”- com Christian Duurvoort;

🎬 Treinamento Profissionalizante na “Escola de Atores Nilton Travesso”- com Sérgio Milagre;

🎬 Interpretação para TV e Publicidade e também apresentador de TV e Eventos – na “BRAAPA Escola de Atores”, com Eduardo Paiva;

🎬 Interpretação para Novelas e Minisséries – no “Globe” – com Ramiro Silveira;

🎬 Além de treinamento preparatório para Orientador com Eduardo Paiva e André Bravo Valente, na “BRAAPA Escola de Atores”.

E você pode conhecer os trabalhos de Alexandre Gati, acessando o site: www.alexandregati.com.br

E se você quer fazer parte desse mundo fantástico de atores, aproveite para fazer a sua inscrição para o Curso Intensivo de Formação Profissional de Atores (Teatro TV e Cinema), turmas para 2018.
Clique no Link e saiba mais: https://bit.ly/2xxltZO

Conheça um dos professores da BRAAPA, Eduardo Paiva

12804834_10156649056085457_6840194534619571740_n

Eduardo Paiva é formado em Rádio TV pela FAAP. Desde 1986, com diretores profissionais e de renome, se apresentava em espetáculos e festivais amadores.
Atuou em vários espetáculos de teatro infantil e adulto tendo destaque com o personagem Gaston, de “A Bela e a Fera”, no Teatro Imprensa, em 1995. Além disso, atuou em diversos comerciais e programas do SBT, chegando a ser contratado pela casa.

Em 1997 associou-se ao ator André Bravo Bravo valente para formar a BRAAPA Produções Artísticas e produzir o musical “Poliana, a menina”, produção essa que viria a receber indicações e prêmios do teatro, e que também foi considerada pela crítica como o melhor elenco de teatro infantil já visto em São Paulo até então.

A partir de 1998, começou a trazer diretores de TV para realizar cursos de interpretação para TV, no intuito de melhorar o nível dos cursos nessa área, o que acabaria por formar um modelo junto com seu sócio, seguido posteriormente pelos concorrentes devido à repercussão no mercado da organização e qualidade de ensino dos mesmos.

Eduardo Paiva atuou em longa metragem com co-produção internacional ao lado dos atores Michael York e Jennifer O’neal.
Atuou em vários filmes publicitários, entre eles destacam-se o comentado comercial da Azaléia aolado de Grazi Massafera do BBB5, que veiculou internacionalmente, dos carros Picasso da Citroën e Novo Gol, STILL (ferramentas de Jardim), DPVAT, Kaiser, Celulares Tess, e muitos outros. E também participou na TV do seriado do “As novas Aventuras de Tiazinha”(TV Bandeirantes) e das novelas “Tiro e Queda”e “Louca Paixão”(TV Record)

Em 2004 a 2007 esteve em cartaz com o espetáculo “Miss Brasil sou Eu” de Ronaldo Ciambroni no papel de apresentador.
Ele foi um dos professores de Interpretação para TV da Equipe BRAAPA no “1° Curso Internacional de Teatro e TV de Angola”, onde permaneceram 3 meses.
É apresentador dos eventos da empresa Italiana GAMA ITALY, nas feiras anuais Hair Brasil e Cosmética em São Paulo.

Em 2007 retornou ao elenco de “A Bela e a Fera” e em 2008 participou, como ator e produtor, do premiado espetáculo “Velório à Brasileira”.

É um dos diretores da BRAAPA FORÇA E CULTURA e atualmente Eduardo Paiva ministra cursos regulares de Interpretação para TV e Publicidade, além de aulas particulares de Apresentação de Programas de TV e Eventos na BRAAPA FORÇA E CULTURA, cumprindo satisfatoriamente o objetivo da proposta do projeto, que é fazer com que os atores sejam mais editados e aprovados nos testes de Publicidade e TV.

Eduardo Paiva e André Bravo Valente, juntos, foram responsáveis pela idealização, planejamento, organização e implantação da Escola de atores Wolf Maya no Shopping Frei Caneca.

Aproveite a oportunidade, faça sua inscrição para o Curso “Apresentador de TV” e tenha aulas particulares com essa fera que é Eduardo Paiva. Clique no Link e saiba mais https://bit.ly/2BF1o22 .

Conheça a trajetória de Suzana Pires

globo-suzana-pires-prepara-texto-final-de-sinopse-para-a-faixa-das-sete-5a8aba5080608_featured                                 Foto/Reprodução: O Planeta TV

 

Suzana Pires é atriz e autora da Rede Globo de Televisão que atualmente desenvolve a sinopse de novela para o horário das 19h (próxima novela a entrar no ar).

Assinou ao lado de Walther Negrão e Julio Fischer, a novela Sol Nascente e a minissérie Dama da noite e foi coautora da novela Flor do Caribe.

Antes disso, foi colaboradora do humorístico Os caras de pau, autora do seriado da Conspiração Filmes As pegadoras e de inúmeras peças teatrais.

No cinema lança agora em 2018, o filme De perto, ela não é normal, onde assina roteiro e também é a protagonista.

Possui formação acadêmica em Filosofia pela PUC-RJ e também possui formação em SHOWRUNNER drama séries, pela media Exchange em Los Angeles.

Estudou roteiro com Guilhermo Arriaga (Amores brutos e Babel), Robert Mackee (Consultor de seriados americanos), Jhon Truby (Doctor Script) e José Carvalho (seriados).

Como atriz tem uma longa e sólida carreira teatral, tendo obtido reconhecimento de público e crítica com o monólogo De perto, ela não é normal do qual também é autora.

Atuou nas novelas A regra do jogoFina estampa, Gabriela, Caras e Bocas, entre outras novelas. E nos filmes Loucas pra casar, Casa grande, A grande vitória, Tropa de elite, entre outros.

Única atriz brasileira a participar do Sundance Directors Lab do Sundance Institute – Instituto impulsionado por seus programas que descobrem e apoiam cineastas independentes, artistas de teatro e compositores de todo o mundo.

Em abril,  Suzana Pires ministrará pela terceira vez uma Oficina de Roteiro em parceria com a BRAAPA Escola de Atores. Um projeto de caráter independente, sem vínculos com emissoras de televisão, que visa ensinar a estrutura básica necessária para que o aluno possa transformar suas ideias em um texto final e caminhar por conta própria em sua carreiras, assim como foi construída a trajetória da própria Suzana.

A Oficina não tem como objetivo desenvolver sinopses coletivas para novelas ou seriados de TV e nem descobrir novos roteiristas, mas sim, ensinar aos alunos a organizarem suas ideias e transformá- las em texto para teatro, TV ou Cinema. Os alunos roteiristas poderão assistir, ainda,  a apresentação do resultado final encenada por atores da BRAAPA, a fim de visualizarem de perto o resultado de suas criações durante o processo.

Nessa Oficina de Roteiro, Suzana aborda e aplica tópicos como:

– A origem da dramaturgia (os gregos e a educação pela dramaturgia);
– Montando um plot/mito;
– Ideia – argumento-sinopse-perfil de personagens;
– Estruturação de Roteiro (os 05 pontos) – Curva Dramática;
– A preparação – o setup;
– Detalhes sobre as etapas do roteiro de acordo com a tarefa;
– Perfil de personagens: herói / anti-herói;
– Dinâmicos / Antagonistas;
– Montando as partes do roteiro;
– Montando a nossa história;
– Desenvolvendo uma cena que represente uma das etapas do roteiro(Distribuição em grupos);
– Trilha / Escaleta / Cena: personagens / Roteiro / Roteiro Adaptado.- Produção/ Limitação / Roteiro;
– Tarefas extra classe;
– Apresentação do roteiro desenvolvido por Atores da Escola.

Você também pode participar da Oficina de Roteiro com a Suzana Pires.

QUANDO
Dias: 14,15, 21 e 22 de Abril de 2018
Horário: das 10h às 18h

LOCAL
Braapa Escola de Atores
R. Valdir Niemeyer, 58 – Sumaré – São Paulo/SP

OBSERVAÇÃO:
Data limite para inscrições: 05 de Abril de 2018 com condições especiais para inscritos até 28 de Fevereiro.

Turma: mínimo de 10 e máximo de 25 alunos

Inscreva-se já!

Interpretando personagens críveis

09-02

1- Comprometa-se com o papel.

Um ator não deve reescrever o roteiro para tornar o personagem “mais agradável”, modificar as falas ou transformar o personagem em uma versão de si mesmo. Você foi contratado para interpretar um personagem que é real dentro do mundo da peça ou do filme. Você precisa agir como parte de uma equipe, que é composta por muitos outros profissionais, para que o resultado final seja bom.

  • Não tenha vergonha por algo que o personagem está fazendo: lembre-se de que você está atuando. Não transparecer realidade em cenas difíceis, nojentas ou violentas fará com que o público não acredite no que está vendo.
  • Os melhores atores se comprometem com os papéis. Já se perguntou por que o Tom Cruise é um astro do cinema de ação até hoje? Ele sempre se compromete com os papéis e demonstra energia ao interpretá-los, não importa se a situação é bizarra ou cômica. Nunca negligencie a leitura do roteiro, ela é muito importante.
  • Comprometer-se significa fazer o que for preciso para representar o personagem de modo realista, não do modo que acha que fica mais bonito.

    09-02-02

2- Aprenda a reagir.

Por mais que muitas pessoas não concordem que atuar é um modo de reagir, as reações são importantes enquanto se está aprendendo sobre atuação. Você precisa manter o foco na fala do outro personagem, ouvindo-o como se estivesse conversando com um amigo da vida real. É necessário estar pronto para responder a qualquer situação de modo honesto e na voz do personagem, mesmo se você não for a atração principal da cena.

  • Não saia do momento! Pare de pensar na cena seguinte ou no fato de ter errado alguma fala na cena anterior.
  • Um ótimo exemplo disso é o ator Charlie Day na série It’s Always Sunny in Philadelphia. Mesmo quando ele não tem falas, o personagem não para de se expressar facial e corporalmente. Ele se compromete com a energia imprevisível do personagem.

    09-02-07

3- Tente manter uma postura consistente.

A postura não apenas faz com que o personagem pareça mais confiante, mas permite que você entre na vida dele. Sua postura faz uma grande diferença: um personagem fraco costuma andar mais curvado e afastado dos outros, enquanto um personagem heroico mantém a cabeça erguida e a coluna reta, por exemplo.

09-02-08

4- Dite a energia da cena com seu ritmo e volume.

Às vezes, pode ser tentador soltar todas as falas de uma vez, sem pensar muito, mas isso compromete todas as nuances do papel. Permita-se ritmar e dar volume ao estado interno do personagem.

  • Os personagens nervosos e assustados costumam falar apressadamente.
  • Os personagens com raiva elevam a voz e falam mais devagar (quando querem esclarecer algo) ou mais rápido (quando estão explodindo).
  • Os personagens felizes tendem a falar rápido e com um volume uniforme ou crescente.
  • Variar o ritmo e o tom de voz de acordo com a cena é um ótimo modo de demonstrar mudanças e reações aos eventos da trama.

09-02-06

 

5- Experimente enfatizar algumas falas.

Considere todo o subtexto do diálogo e enfatize-o de acordo com isso. Pense na palavra mais importante da frase para destacá-la. Por mais que isso não pareça tão importante, a ênfase pode transformar as coisas que você diz. Dizer “Eu amo você” tem uma conotação diferente de “Eu amo você“, por exemplo.

  • Este é outro ponto em que você pode se inspirar em atores famosos. Procure por roteiros de filmes que nunca assistiu, escolha um personagem e leia algumas das falas dele. Ao assistir o filme, compare o modo com o qual o ator disse essas falas: lembre-se de que não há um modo errado de dizer as falas do personagem, mas você poderá perceber algumas nuances da ênfase.

    09-02-05

6- Respeite o roteiro.

Não há problema em improvisar algumas palavras, mas você deve ater-se ao roteiro o máximo possível, a menos, é claro, que seja instruído pelo diretor para improvisar tudo. Você nunca sabe se alguma palavra fará uma ligação entre cenas ou se o diretor deseja que a frase seja dita do modo exato do roteiro, por exemplo. Na dúvida, siga o roteiro. Caso a ideia seja improvisar ou mudar a fala, alguém da equipe o instruirá quanto a isso.

09-02-09

7- Esqueça a câmera e o público.

Reagir ou sequer reconhecer a presença do público fará com que você saia do personagem, pois ele normalmente não deve saber que faz parte de uma peça. Você pegará isso com o tempo, mas um modo de se preparar é simplesmente entrar na frente da câmera: no momento em que a notar ou sentir estar sendo observado, não demonstre reação.

  • As equipes mais experientes evitarão o contato visual com você durante uma cena, por mais que esse contato seja natural. Tente ajudar seus colegas de cena fazendo o mesmo quando não estiver atuando.
  • Perceba as coisas que faz durante o nervosismo. Evite mexer no cabelo ou bater os pés, por exemplo. Controle-se respirando fundo e tomando um gole d’água.