Como o tetro pode auxiliar no campo profissional?

Além de ser uma arte rica, complexa e cheia de nuances, o teatro trabalha o corpo, a expressão, a comunicação e a criatividade de uma forma intensa, além de mexer com as sensibilidades.
Aposto como você não tinha pensado nisso, mas sim, o teatro pode te auxiliar a ser um profissional melhor.

improvisorama

HABILIDADES NA COMUNICAÇÃO

Práticas e estudos teatrais exercitam algumas habilidades que são importantes para a vida profissional. Estimular sua expressividade, comunicação e expressão são atributos muito importantes, independentemente da área em que você atua.

Afinal, você precisa passar clareza e objetividade para ser compreendido, além disso, o teatro irá te auxiliar a externalizar aquilo que está escondido. Auxilia na análise de comportamentos e cenários, já que o teatro costuma tratar de questões importantes, conflituosas e até polêmicas.

CAPACIDADE DE IMPROVISO

Vivenciar personagens no palco, te passará uma experiência que você poderá levar para o dia-a-dia, fazendo com que a arte do improviso possa ser utilizada quando necessário.
Em qualquer profissão, apresentar soluções criativas e inovadoras é crucial para que algumas modificações possam ser feitas, é onde entra o teatro e seus exercícios de criação de personagem, onde você conseguirá ficar mais solto em suas atividades profissionais e vida pessoal.
Isso ajudará com o jogo de cintura, melhora na capacidade de análise das situações, bons reflexos para reagir quando necessário com situações inesperadas.
O Improviso te auxiliará no pensar e agir rápido, não estamos nos referindo a passar a bola ou se esquivar, mas resolver situações inesperadas de forma rápida e criativa.

cultura20119161

A ESCOLHA PROFISSIONAL

Nem sempre é fácil, seja no inicio da carreira ou depois que você já a exerce, por isso, o ideal é conhecer a si mesmo para então dar o passo em relação a profissão e é aí novamente onde entra as aulas de teatro, pois elas irão te ajudar na tarefa de definir seus ideais e rumos no mercado de trabalho.

E você, ainda tem alguma dúvida sobre fazer aulas de teatro?

Fonte: Viva Arte Viva

Acesse nosso site e saiba mais sobre nossos cursos.
www.cursodeteatro.com.br

5 Motivos para você fazer aulas de teatro.

Dicas de como montar um figurino.

hArquivo

Se uma das suas dúvidas em iniciar um curso de teatro for: não sei nada sobre figurinos! Pare agora e leia algumas dicas que iremos dar a você.

Pra começar nosso bate papo, nem sempre é preciso ter discernimento do melhor figurino para as aulas iniciais, pois esse é um tema que será discutido e analisado com calma quando a peça estiver em fase final.

O que você deve saber:

-Estude sobre cores e padrões, é essencial entender como as cores se unem entre si.

  • Analise padrões, conceitos e estude sobre o que está em alta – vá a peças de teatros, veja tutorias, evite copiar ideias de outras pessoas, apenas use como inspiração.

press-example-03

  • Monte um livro ou caderno de ideias, anote tudo que for necessário, essencial e inspirador para você.
  • Quando surgir ideias de histórias em sua mente, faça uma boa pesquisa, pois o que deixa um figurino mais atraente, é a forma que você irá interpretar o texto para desenvolvê-lo.
  • Após a escolha da história, comece pensar em cada personagem de forma única, e então comece a desenvolver o figurino para cada integrante da peça.
  • Pesquisar nunca é demais, quanto mais pesquisas você fizer, mais ideias terá.
  • Algumas lojas de tecido possuem amostras bem em conta, comece por elas para aprender mais, se for o caso, tente um curso básico de corte e costura também.03313050046b
  • Não tem habilidade para desenhos? Colagens é uma ótima opção para lhe auxiliar nesse contexto.
  • Esteja sempre ciente dos gastos que você terá para desenvolver um figurino.

É válido ressaltar aqui que trazemos dicas e ideias de como produzir ou ter inspirações, mas as técnicas partirão de você, e só você será capaz de decidir qual se enquadra melhor no seu dia-a-dia.

Fonte: Nova Escola

Acesse nosso site e saiba mais sobre nossos cursos.
www.cursodeteatro.com.br

COMO O TEATRO CHEGOU AO BRASIL?

image121

Uma das primeiras manifestações do teatro no Brasil ocorreu no século XVI como forma de catequização. O teatro era utilizado pelos jesuítas para instruir religiosamente os índios e colonos. O padre Anchieta é um dos principais jesuítas que utilizou estes tipos de representações que eram chamadas de teatro de catequese. Esse teatro possuía uma preocupação muito mais religiosa do que artística, os atores eram amadores e não existiam espaços destinados à atividade teatral, as peças eram encenadas em praças, ruas, colégios entre outros.
Já no século XVII, além do teatro de catequese emerge outros tipos de teatros que celebram festas populares e acontecimentos políticos, alguns lembram muito o carnaval como conhecemos hoje, as pessoas saíam às ruas para comemorações vestidas com adereços, desfilando mascaradas, dançando, cantando e tocando instrumentos.
Com a chegada da família real no Brasil, em 1808, o teatro dá um grande salto. D. João VI assina um decreto de 28 de maio de 1810 que reconhece a necessidade da construção de “teatros decentes” para a nobreza que necessitava de diversão. Grandes espetáculos começaram a chegar no Brasil porém, além de serem estrangeiros e refletirem os gostos europeus da época eram somente para os aristocratas e o povo não tinha qualquer participação, o teatro não tinha uma identidade brasileira.
No século XIX o teatro brasileiro começa a se configurar e um grande marco foi a representação da tragédia Antônio José ou O Poeta e a Inquisição de Gonçalves Magalhães em 13 de março de 1838. Esse drama foi encenado por uma companhia genuinamente brasileira, com atores e propósitos nacionalistas formado pelo ator João Caetano. Nessa época surgem as Comédias de Costume com o escritor teatral Luíz Carlos Martins Pena que buscava em fatos da época situações para arrancar da plateia muitos risos. Muitos autores teatrais surgiram como Antônio Gonçalves Dias, Manuel Antônio Àlvares de Azevedo, Casimiro de Abreu, Castro Alves, Luís Antônio Burgain, Manuel de Araújo Porto Alegre, Joaquim Norberto da Silva, Antônio Gonçalves Teixeira e Souza, Agrário de Menezes, Barata Ribeiro, Luigi Vicenzo de Simoni e Francisco José Pinheiro Guimarães..
Vale destacar Teatro Brasileiro de Comédia formado por grandes artistas como Cacilda Becker, Tônia Carrero, Sérgio Cardoso, Paulo Autran, Fernanda Montenegro, entre outos e o Teatro de Arena que encenou a peça Eles Não Usam Black-tie, de Gianfrancesco Guarnieri, em 1958, um grande sucesso.
Com o golpe militar em 1964 veio a censura e um número enorme de peças foram proibidas e somente a partir dos anos 70 o teatro novamente ressurge mostrando produções constantes.

Fonte: Secretaria da Educação

Acesse nosso site e conheça nossos cursos: http://www.cursodeteatro.com.br/

Benefícios do teatro para melhor idade.

health-ins.

Aquela imagem de avós em casa, cozinhando, contato histórias, está acabando.

Eles estão descobrindo que existe sim uma vida mais ativa e saudável em sua melhor idade.

Alguns, após iniciarem aulas de teatro, estão conseguindo sair de processos depressivos por não se sentirem mais sozinhos, vejam que além de estimularem eles à viverem melhor e em grupo, as aulas de teatro é vista como terapia para aqueles que não conseguem se expressar ou para os que carregam algum problema que não conseguem resolver ou desabafar com algum conhecido ou parente.

Outros deixaram de lado cartelas de remédios, pois sentiram que as dores/doenças estão mais amenas ou simplesmente sumiram.

Nas aulas, é possível perceber o quanto o aprendizado artístico é eficaz e os benefícios que é agregado para essa turma que pensava que já tinha vivido de tudo e pensavam que agora era hora de descansar.

Vamos ressaltar alguns benefícios:

– Melhora na memorização;

– Respiração facilitada;

– Mais autonomia e voz ativa entre familiares e grupos que frequentam;

– Conquista de espaço e disciplina.

E você conseguiu entender o quão importante é estimular seus avós a se movimentarem?

Participem e pratiquem as falas com eles, note como eles ficarão mais alegres e dispostos para viver sua melhor idade.

Fonte: Porta dos Atores.

Para mais informações sobre nosso curso de teatro da melhor idade, acesse nosso site: http://www.cursodeteatro.com.br

É possível ter sucesso sendo um ator freelancer

iStock_000017066008Small

O início da carreira, em qualquer área, é sempre complicado. Para quem pretende ser ator, não vai ser diferente. Começar a vida profissional com um grande contrato é algo que todos os atores sonham em conseguir, mas que dependerá de sorte e muito networking.

Por outro lado, sobretudo para os atores iniciantes acumularem trabalhos na área e conseguirem montar portfólio, existe uma saída que é sempre muito bem-vinda: atuar como ator freelancer.

Quer conquistar o sucesso como freelancer? Fique atento às nossas dicas!

Não fique parado

Ainda que seja financeiramente difícil investir na carreira – ainda mais no início dela – procure participar de cursos e wokshops da área, gratuitos ou não, que dêem certificação ou não. É nesses momentos em que você poderá resolver dois problemas de uma só vez: vai poder atualizar seus conhecimentos e, ainda mais, vai fortalecer sua rede de contatos com atores, diretores e outros profissionais da área.

É uma boa maneira de ficar conhecido no meio artístico e de as pessoas se lembrarem de você, quando surgirem oportunidades com o seu perfil.

Uma mão lava a outra

Além de participar de cursos, oficinas e workshops, para conhecer e encontrar o pessoal do teatro, você também precisa cultivar a sua rede de amigos e mantê-la sempre ativa. Se ficou sabendo de um trabalho que não vai poder fazer, por exemplo, não deixe de indicar seus amigos. Desta maneira, você ajuda colegas que estejam em situação parecida com a sua e ainda garante que, no futuro, elas possam fazer o mesmo por você.

Esteja sempre na mídia

Atualmente, os recursos de comunicação que temos à nossa disposição nos ajudam, não apenas, a fortalecer as amizades com pessoas que tenham os mesmos interesses que nós, mas também conseguimos divulgar nosso trabalho e conquistar seguidores.

Portanto, faça bom uso das redes, seja postando fotos de trabalhos que tenha realizado ou, até mesmo vídeos que possam mostrar um pouco do que você é capaz de fazer. Capriche na produção e apresente, sempre, o seu melhor papel!

happy-guy

Fique atento às oportunidades

Existem muitos grupos de teatro que produzem espetáculos independentes dos quais você pode participar, se é que não pode montar um. Pode acontecer de o cachê não ser aquele com que sempre sonhou, mas, para começar, pode significar mais um trabalho para você colocar em seu portfólio.

Outra opção é se cadastrar em agências de modelo ou mesmo de publicidade, nas quais você poderá, rapidamente, conseguir papéis para comerciais, fazer “pontas” em novelas ou filmes, ou, inclusive, ser chamado para fazer dublagens de filmes e desenhos animados.

Cuidado com o bolso

Como dissemos, atuar como freelancer é uma boa maneira de começar uma carreira como ator, já que você consegue atuar na área e diversificar as suas opções de trabalho, criando um portfólio rico e variado. No entanto, procure fazer um planejamento bastante assertivo das contas do mês. Desta maneira, você vai conseguir driblar os períodos de instabilidade porque pode passar.

Lembre-se de que, além de pagar as contas, você também precisa ter dinheiro para investir em sua formação e ter aquela reserva para gastos não planejados. Cuide-se para que ter um gasto mínimo por mês e uns trocados para deixar na poupança.

Fonte: Blog Bookcasting

Quer saber mais sobre curso de teatro? Acesse nosso site!

7 dicas de lugares em São Paulo para quem ama teatro

Seja para passear ou conhecer, Sampa proporciona diversas opções e para que ama teatro, temos algumas ideias de lugares bacanas e diferentes como opção de cultura e lazer.

teatro-oficina
Foto: Casa e Decoração

O Teatro Oficina –  Associação Teat (r) Oficina Uzyna Uzona já é um point na cidade de São Paulo. Ele existe desde o finalzinho da década de 50 no Bixiga, sempre comandado pelo diretor Zé Celso Martinez com peças de temas polêmicos como nudez, humanidade, política e religião, sem pudor nenhum!

Resumindo: se você tem problema com sexo, mitologia, palavrão e gente peladona no palco – que inclusive, não é convencional, é uma passarela – , esse teatro não é pra você, mas se não tiver problemas com isso e curte programas mais loucos, então vale a pena conhecer o Teatro Oficina.

Onde? Rua Jaceguai, 520 – Bela Vista, São Paulo – SP.

 

satyros
Foto:  Veja SP

O Espaço dos Satyros são duas salas de espetáculos mantidas pela companha que carrega o mesmo nome, localizado na Praça Roosevelt. Ele tem uma pegada mais alternativa e os temas das peças são diversos, podem ir de um drama pesadão a uma tragicomédia escrachada – mas sempre com temas relevantes, agregam tanto atores consagrados como os novos e mais: fica aberto de segunda a segunda, sempre tem uma peça acontecendo por lá, é só ficar atento aos horários.

Onde?  Praça Franklin Roosevelt, 134 – Centro, São Paulo – SP.

 

parlapatoes (1)
Foto: divulgação

Falando em Praça Roosevelt, provavelmente, todo paulistano já ouviu falar no Espaço Parlapatões, ainda que nunca tenha ido até lá, isto por que desde 2006 ele acabou virando um point na cidade pra quem gosta de teatro combinado com boemia.

Conta com uma série de espetáculos de terça a domingo, que inclui comédia, circo, drama, sempre com uma vertente política e também agrega no seu calendário eventos como Satyrianas –  um Festival de espetáculos em São Paulo, todos os anos.

 

 Onde? Praça Franklin Roosevelt, 158. Centro – São Paulo.

 

cemiterio-de-automoveis
Foto:  Matraca Cultural

É um teatro-bar localizado na Frei Caneca, aconchegante, mas com uma pegada mais rock and roll. Não se impressione se você chegar no espaço, pedir uma cerveja e estiver tocando um blues, antes de ver uma das peças, os temas abordados são bem existencialistas e partem pra uma pegada mais junkie.

Drogas, álcool e crises existenciais são temas muito frequentes nas peças do Cemitério de Automóveis, dirigidas pelo dramaturgo Mário Bortolotto.

 

Onde?  R. Frei Caneca, 384, São Paulo/SP.

 

ccsp
Foto: São Paulo

O Centro Cultural São Paulo não é um teatro, mas é um dos espaços mais interessantes de cultura na cidade e que agrega um teatro bem aconchegante com programação frequente –às vezes até algumas peças famosas acabam passando por lá, não são apenas de uma companhia e isso acaba sendo interessante por ter mais opções pra quem não está tão acostumado com teatro.

E se a peça estiver chata, sempre vai ter alguma outra coisa pra fazer lá dentro: bisbilhotar os livros na biblioteca, ver um pocket show, tomar um cafezinho, sempre com preços baixos, então fica a dica.

 

Onde? Rua Vergueiro, 1000, São Paulo – SP.

SAO PAULO, 13 DE AGOSTO DE 2013, estreia para convidados da peça Madrinha Embriagada. (FOTO: JULIA MORAES)

Foto: divulgação

O Sesi da Paulista também conta com um teatro que além de bonito e grande sempre conta com peças de teatro que costumam ser caras a preços populares ou melhor ainda: de graça! O problema é que você precisa correr muito rápido pra conseguir os ingressos, mas também não é impossível, é só ficar de olho no site ou se você está sempre ali na Paulista dar um pulinho lá pra ver a programação e não pensar duas vezes pra pegar os ingressos, ok?

 

Onde? Av. Paulista, 1313, São Paulo/SP.

 

oba-oba-eva-herz
Foto: obaoba

O Teatro Eva Herz fica dentro da Livraria Cultura e vale uma visita por que sempre tem uma atração legal em cartaz – pelo menos na maioria das vezes, e por que fica na Paulista e por que teatro é bom, mas café é muito mais e livros mais ainda, simples assim!

 

Onde? Conjunto Nacional – Av. Paulista, 2073, São Paulo/SP

Fonte: Sobreviva em São Paulo

Que saber mais sobre curso de teatro, acesse: www.braapa.com.br

 

 

 

Medo de falar em público?

HCstagefright

Não deixe que o medo de falar em público atrapalhe seus compromissos. Existem algumas técnicas que podem desenvolver suas habilidades para se posicionar de forma natural e positiva, afinal, todos nós podemos, basta praticarmos.

1- ENSAIE em casa e fale como se você estivesse diante do público. Inclusive vale pedir uma mãozinha aos amigos e familiares. Você não iria parar no meio e pedir para começar de novo na frente de um público, certo? Sob pressão, a maneira como você ensaia é como você vai fazer quando realmente chegar a hora de falar para um público.

hand write in  the notepad, education

2- PREPARE um bom plano de discurso que contenha:
– uma abertura;
– 3 bons pontos no meio do discurso;
– um resumo (conclusão).

public-speaking-tips

3- SE APROPRIE do assunto, quanto mais você tiver isso entendido e estudado, mais fácil será. Não tente falar sobre muitas questões diferentes do que você tem estudado. Além disso, não desvie do assunto principal.

67308-public-speaking-feature-image-lg
4- PENSE bem antes de falar. Use o silêncio, ele pode ser um grande aliado e fazer com que o público fique na expectativa, esperando suas próximas palavras, querendo saber o que você está prestes a dizer. Não se deixe intimidar por momentos de silêncio.

public_speaking_stage_woman

5- ENSAIE com bastante antecedência. Se é para uma apresentação ou um discurso, quanto mais você ensaiar, mais o texto assumirá uma vida própria e você se sentirá mais confortável para passar a mensagem.

fearofpublicspeaking-hypnotherapistcork

6- DESVIE o olhar e tente não olhar diretamente para os olhos das pessoas. Concentre-se em suas testas ou em um lugar na parte de trás da plateia, logo acima das cabeças do público. Dessa forma, você não vai se distrair.

plateia

7- NÃO dê crédito a suposições. Só porque um público não está sorrindo ou balançando a cabeça em acordo, não significa que eles não estão ouvindo ou concordando com o que você está dizendo. As pessoas muitas vezes não demonstram incentivo em seus rostos quando fazem parte de uma audiência, por isso não procure sinais em seus semblantes. Você vai saber através dos aplausos no final do discurso o quanto você agradou os ouvintes, e a esta altura, o discurso já terá terminado!

2012-03-16-dodona_35

8- FAÇA cursos voltados para o teatro que ajudam a vencer a timidez, melhorando a postura e potencializando a capacidade de falar em público.

Saiba mais sobre curso de teatro em São Paulo.

10 passos para memorizar sua fala

young-man-reading-a-book1

1. A primeira dica é que você destaque suas falas, para que não precise perder tempo procurando onde elas estão no texto. Mas essa dica, você já sabia não é mesmo?!

2. Entenda a intenção do seu personagem em cada, os obstáculos que o personagem irá enfrentar, suas táticas e a emoção que o personagem precisa demostrar. A melhor forma de fazer isso, é ler o roteiro até entendê-lo por completo. Os diretores de filmes e peças de teatro querem ver emoção e energia em você.

3. Uma pausa para relaxar se estiver sentindo muito cansaço, ajuda o seu cérebro a trabalhar melhor.
Should-I-take-PRINCE2-2009-or-2017

4. Faça perguntas a si mesmo sobre seu personagem, por exemplo, se a cena envolve andar carregando uma toalha, pergunte-se por que o seu personagem estaria fazendo isso. Você também pode entrar no personagem pensando profundamente sobre as razões que o fazem agir da maneira como ele age. Até mesmo criando uma história de fundo para o seu personagem – o que aconteceu antes do que está escrito no roteiro e o que vai acontecer depois.

5. Leia em voz alta! Pegue o seu texto e leia as suas falas em voz alta para si mesmo(a).

6. Divida o roteiro em partes e Tente memorizá-lo por etapas. Ao memorizar pequenas partes de seu roteiro, você pode ir adicionando mais falas até que você o tenha memorizado totalmente.

63602939877542113168325812_Woman-writing (1)

7. Copie suas falas em uma folha de papel, escrevendo suas falas repetidamente. Isto faz com que o texto fique gravado em sua memória subconsciente. Para economizar papel, você também pode digitá-las e, em seguida, apagar e começar de novo.

8. Escreva-as com a outra mão. Isso mesmo! Se você é destro, escreva as suas falas com a mão esquerda ou vice-versa. Ao usar sua mão menos hábil, seu cérebro precisa pensar três vezes mais sobre o que você está escrevendo.

Urban students hanging out.

9. Peça para outra pessoa ler o roteiro enquanto você recita suas falas. Peça para ela destacar as partes que você pulou ou nas quais trocou as palavras. Se você não tem alguém com quem fazer isso, existem alguns aplicativos para celular que podem lhe ajudar a memorizar e ensaiar suas falas.

10. Use um gravador ou, caso você seja suficiente sofisticado(a), grave o seu roteiro em um CD. Você pode ouvir o CD no carro ou quando estiver se exercitando e tentar recitar suas falas juntamente com a gravação. Você aprende suas falas, bem como as dos outros atores. É como aprender a letra de uma canção… quanto mais você ouve, melhor você “canta” junto com a gravação.

Benefícios do teatro para as crianças

 

Young Boy Wearing Clown Make Up Peering Out Through Opening in Red Stage Curtains

O teatro infantil forma parte da lista de atividades extracurriculares que os pais podem escolher para os seus filhos. Para que uma criança faça teatro não é necessário que ela seja desinibida ou desenvolta, nem mesmo que tenha qualidades ou que seja aspirante à profissão de ator ou atriz.

A prática do teatro na infância deve limitar-se a que a criança se divirta, invente e interprete personagens curiosos, e faça amigos.

junglebook-6

O que faz o teatro pelas crianças

As escolas de teatro, através de variadas atividades e brincadeiras em grupo ou individual, são ideais para ajudar a criança a desenvolver a expressão verbal e corporal, como também exercitar a sua capacidade de memória e agilidade mental.

Além disso, o teatro é benéfico para as crianças nos seguintes aspectos:

– Contribui ao desenvolvimento e formação do caráter da criança;

– Melhora e favorece a dicção das crianças;

– Estimula a memória, a atenção e a concentração;

– Ajuda na sua auto-estima;

– Combate a timidez e a vergonha;

– Ensina a criança a relacionar-se com outras crianças e a trabalhar em grupo;

– Favorece o auto-conhecimento;

– Desperta a consciência corporal e a coordenação motora;

– Aproxima as crianças à poesia;

– Reforça o interesse das crianças pela leitura e literatura;

– Ensina as crianças a controlar suas emoções;

– Motiva o exercício do pensamento;

– Permite que as crianças brinquem com o mundo da fantasia.

Fonte: Guia Infantil